Prefeitura de Campo Novo do Parecis

Secretaria Municipal de Saúde de Campo Novo do Parecis, MT HEMOCENTO e INCA mobilizaram população para a Doação de Medula Óssea

Secretaria Municipal de Saúde de Campo Novo do Parecis, MT HEMOCENTO e INCA mobilizaram população para a Doação de Medula Óssea

A população respondeu positivamente para este ato de solidariedade, ajudando o próximo e o mais importante, Salvando Vidas.


Secretaria Municipal de Saúde de Campo Novo do Parecis, MT HEMOCENTO e INCA mobilizaram população para a Doação de Medula Óssea

A Prefeitura Municipal de Campo Novo do Parecis, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com o  MT – Hemocentro e INCA – Instituto Nacional do Cancer,  realizaram no último sábado (27/07) na Unidade de Saúde do bairro Nossa Senhora Aparecida, coleta de sangue para  cadastro de doador que vai para o registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea.

A ação em Campo Novo do Parecis, teve a participação de cerca de 250 pessoas que compareceram a Unidade de Saúde Nossa Senhora Aparecida para o ato de doação, com preenchimento da ficha cadastral, para assim, tornar-se um possível  doador, num importante gesto de amor.

O ato de doação de Medula Óssea consiste, inicialmente, na coleta de sangue para o cadastro do possível doador, com seus dados pessoais e um termo de consentimento. Na coleta, uma amostra de sangue (05 ml) é necessária para a realização do exame de HLA (histocompatibilidade), responsável pela compatibilidade genética.

De acordo com a equipe do MT-Hemocentro, responsável pela coleta do sangue, a chance de encontrar uma medula óssea compatível, em alguém que não seja da família, é de 01 para cada 100 mil pessoas, por isso, nessas ações, quanto mais doadores, maiores serão as chances de salvar vidas, pois existem pacientes ansiosos na espera por um transplante, por isso a necessidade contínua de campanhas de sensibilização.

O cadastro dos doadores voluntários de medula óssea reúne informações como nome, endereço, contatos pessoais e resultados dos exames realizados com as características genéticas das pessoas que se dispuseram a doar a medula para transplante.

A doação foi acompanhada por experientes profissionais da saúde e cerca de  250 pessoas foram cadastrados em Campo Novo do Parecis. 



Fonte: Alessandra Costa Marques/Assessoria de Comunicação/PREFEITURA

Imprimir notícia Compartilhar